Programação Cultural de Franco da Rocha – Dezembro

0

14925698_1317828598249742_8737724058663361283_nO ano já está chegando ao final, mas a programação cultural de Franco da Rocha ainda está longe de acabar. Nesse mês de dezembro ainda teremos a oportunidade de curtir muitos espetáculos teatrais, que fazem parte da Franco Mostra Teatro 2016.

A Franco Mostra Teatro acontece desde o ano 2000 e foi pensada para celebrar o aniversário da cidade com uma diversificada mostra de espetáculos teatrais que desde então, ano após ano, mobiliza centenas de francorrochenses.

Confira abaixo o que ainda vai rolar nessa mostra:

01/12, quinta-feira, às 20h: Vozes de Clarice, com a turma da noite do Núcleo de Experimentações Teatrais, no Centro Cultural;
02/12, sexta-feira, às 20h30: Os Brincantes Ambulantes, do Teatro Girandolá, na Praça da Vila Ramos;
03/12, sábado, às 15h: O Filho Mudo, com a turma de crianças do Núcleo de Experimentações Teatrais, no Centro Cultural;
04/12, domingo, às 17h:  Juquery – Memórias de Quase Vidas, do Teatro Girandolá, no Complexo Hospitalar do Juquery (prédio da antiga Rotunda);
08/12, quinta-feira, às 20h: Contos Veríssimos, com a turma da noite do Núcleo de Experimentações Teatrais, no Centro Cultural;
09/12, sexta-feira, às 20h: CONPOEMA Recebe… Cia de Teatro Epidários, com A Cruzada das Crianças, no Centro Cultural;
10/12, sábado, às 15h: O Filho Mudo, com a turma de crianças do Núcleo de Experimentações Teatrais, no Centro Cultural;
11/12, domingo, às 17h:   Juquery – Memórias de Quase Vidas, do Teatro Girandolá, no Complexo Hospitalar do Juquery (prédio da antiga Rotunda);
11/12, domingo, às 20h30: Borandá, no Centro Cultural.

Toda a programação é gratuita e os ingressos são distribuídos no dia e local das apresentações com 1 hora de antecedência. A Franco Mostra Teatro é uma realização da Prefeitura de Franco da Rocha, através de sua Secretaria Adjunta de Cultura.

Outras informações: 4800-7575

Compartilhar.

Sobre o autor

Virginiana, ativista cultural, moratense e cultivadora de muitas paixões: teatro, gatos, chocolates, crianças, culinária, dentre outras. Acredita na Arte como potente ferramenta de inclusão e transformação social. Sonha com um Brasil menos desigual.

Deixe um comentário