Brincantes Ambulantes em Perus

0

img_4373O Teatro Girandolá estreou o espetáculo Brincantes Ambulantes em maio de 2016, e tem percorrido diversos espaços da região, foram 07 apresentações, entre ruas, praças, escolas e saraus, disseminando a poesia com muita alegria, fazendo com que alguém que possa não ter costume de ler poesia, ou tomado contato pela primeira vez, tenha uma experiência divertida, aproximando o público da linguagem.
Pra nós que apresentamos, tem sido maravilhoso poder fazer trocas tão verdadeiras com os presentes, através de figuras cativantes como os vendedores ambulantes de porta em porta, que nos inspiramos para a construção dos personagens.
Desejamos seguir com nossa brincadeira por mais espaços e cada vez mais longe, sempre com apresentações gratuitas, para que possamos abrir espaços de mais leveza no dia-a-dia das cidades.

Neste mês de outubro temos duas apresentações dos Brincantes Ambulantes, uma delas fechada para uma instituição que abriga idosos, no centro de Franco da Rocha, e outra aberta para o público em geral e que gostaríamos de convidá-los para assistir! Confira!
09 de outubro – Ocupação Canhoba, em frente ao Cine Teatro Pandora, em Perus – 16h / Rua Canhoba, ao lado do nº 333 – Perus – São Paulo/SP (Próximo a Caixa D’Água)

Os Brincantes Ambulantes são o resultado do trabalho pesquisa iniciado em fevereiro de 2015, quando o grupo passou a construir uma poética coletiva a partir de sua vivência periférica, o que o levou a mergulhar no universo da literatura marginal até o encontro com a cultura popular através dos repentes, quadrinhas populares e canções. Para chegar à figura dos vendedores de porta em porta foi um passo, uma vez que ainda hoje eles estão resistindo nas ruas com a alegria, tão própria aos brincantes.

Compartilhar.

Sobre o autor

27 anos, Francorrochense, Atriz, Produtora Cultural, Co-fundadora da Associação Cultural CONPOEMA, Feminista e Co-fundadora do coletivo Baciada das Mulheres do Juquery, vegetariana, divide a casa com seu cachorro Romeo e seu gato Fellini.

Deixe um comentário