Sábado de transbordamentos poéticos!!!

0

Agosto está chegando ao fim, e com ele se vai mais uma edição do Festival de Inverno de Franco da Rocha, que aconteceu intensamente durante todo o mês. E sábado, penúltimo dia da programação, aconteceram três atividades incríveis. No começo da tarde, lá no Centro Cultural, aconteceu um festival de dança, que alguns disseram ter lotado o espaço, infelizmente não estivemos presentes, porque estávamos produzindo a apresentação dos Brincantes Ambulantes, na frente da Casa de Cultura e a quarta edição do SLAM da Roça.

IMG_4540Antes das 17h, o público já se acomodava na frente da Casa de Cultura para se encantar com os ótimos personagens dos Brincantes Ambulantes, do Teatro Girandolá, que encheu a tarde de trocas poéticas. Tinha poesia na garrafa, com doses para curar qualquer alma cansada ou chateada, poesia nos balões, trocas de histórias, teve muita conversa, os atores estavam abertos para trocar com cada pessoa que estava lá, os olhos brilhavam e cada momento do espetáculo tocava os presentes, era só conferir o sorriso de cada um que assistia. Essa pesquisa do Teatro Girandolá, que resultou nessa obra, é sensível, chega profundamente em cada pessoa que assiste, chega tanto que parece que estamos todos entre amigos, trocando histórias de infância, ouvindo poesias e rindo dos personagens divertidos que vemos na cena. A poesia nos transforma. Vida longa a esse delicado trabalho! Veja as fotos:

IMG_4827Um pouco mais tarde, o público foi convidado a permanecer no calçadão para conferir mais uma edição do SLAM da Roça, que começou animado, com o microfone aberto pra todos e todas que quisessem se expressar. E muitas pessoas falaram, recitaram poesias e dessa vez teve até dança, com os alunos de break do professor Will, da Secretaria de Cultura de Franco. Depois desse momento livre, recebemos o poeta Cleyton Mendes, que veio de Poá nos presentear com sua forte presença e com o livro “Relatos de uma insônia”, que foi feito na raça por esse guerreiro, que merece reconhecimento em sua carreira, nosso SLAM incentiva literatura feita nas periferias desse país, onde é tão difícil produzir poesia e viver dela.

Simbora pra batalha, que começou com 10 escritores combatentes, que se dedicaram demais para a segunda fase, que contou com cinco homens, André Arruda, Gilberto Araújo, Cleyton Mendes, Elves Ferreira e Messias Silva, que se esforçaram demais, mas só três deles passaram para a final, que foi composta por André Arruda, Cleyton Mendes e Gilberto Araújo, que foi o CAPIAU desse mês, escolhido por palmas, pois empatou com o experiente poeta André Arruda, que ficou na segunda colocação, seguido pelo fantástico Cleyton Mendes, que ficou com o terceiro lugar. Mas como sempre enfatizamos, a grande campeã do SLAM é a poesia, que transforma nossas vidas a cada dia. Confira as imagens:

O próximo SLAM da Roça acontecerá no dia 24/08, a partir das 19h, na frente da Casa de Cultura de Franco da Rocha. Chega mais e venha participar com a gente, a colheita é toda nossa. A realização do Slam da Roça é da Associação Cultural CONPOEMA junto com o agitador cultural Beto Bellinati.

Compartilhar.

Sobre o autor

27 anos, lésbica, feminista, atriz, fotógrafa, estudante de cinema e assistente de produção cultural. Integra a Associação Cultural CONPOEMA desde sua fundação. Acredita fortemente na coletividade, no ser humano e na força de luta das mulheres. Ama gatos, cachorros e não vive longe de seus avós, tia e sobrinhos.

Deixe um comentário